Contato

+55 11 2338-4122

contato@narudecor.com.br

Endereço

Alameda Gabriel Monteiro da Silva,
366 – Jardim América
São Paulo/SP    CEP: 01442-000

Siga-nos!

Como colocar papel de parede?

20 fevereiro, 2020 | Decoração de Interiores

Como colocar papel de parede?

O papel de parede vem tomando um espaço importante na residência e a resposta para essa tendência é bem simples: criatividade, rapidez e praticidade. Num mundo onde tudo é feito em alta velocidade, os papéis de parede têm ganhado notoriedade tanto com suas variações, quanto na facilidade de aplicação.

Como, por exemplo, a ausência de odor dos papéis de parede em contraposição a pintura, que haja vista é prejudicial para o homem. Além do mais, serve para todo tipo de ambiente, desde os pequenos até os espaçosos e apresentam variedade na estrutura, cor e textura. Então caso enjoe é só fazer a substituição. Simples e prático, não é?

Agora, a Naru Decor dará dicas de como colocar seu próprio papel de parede sem o auxílio de um profissional, tornando seu dia e até mesmo sua vida muito mais prática com relação ao design de seu lar. Então vamos começar!

Antes de começarmos o passo a passo, é importante saber que existem vários tipos de papéis de parede. Dessa forma, para fazer a instalação é importante saber um pouco mais sobre cada um deles.

Para locais que recebem muita luz solar e estejam em constante umidade, o correto é usar papel de parede vinílico, pois ele é resistente e sua durabilidade é maior, além de ser lavável. Já o tradicional – feito de celulose – abrange apenas ambientes secos.

Outro tipo de papel de parede que deve ser usado em locais secos é o TNT, pois é semelhante a um tecido e tendem a absorver menos unidade, logo, apresentam menor risco de mofar – nesse caso, é necessário utilizá-lo em ambientes com mais luz. Já os papéis de parede autocolantes são perfeitos para iniciantes, pois vêm com adesivos prontos para a aderência. Os papéis de parede que necessitam de cola carecem de mais cuidado e prática em sua aplicação, já que requerem montagem do material.

Agora que você já sabe a diferença entre os papéis de parede, é hora de verificar todos os itens que precisará para a montagem e, até mesmo, manutenção.

Materiais para colocar papel de parede:

• escada (para colocar o papel de parede em lugares mais altos);

• tesoura e estilete (para cortar o papel de parede);

• rolo e brocha para pintura;

• fita métrica;

• pano e esponja (pois deve limpar as marcas dos dedos após a instalação, mas escolha apenas um pano levemente úmido se for um papel de parede tradicional);

• espátula (deixa o papel de parede com aspecto liso, sem cola, ar ou aquelas bolhas indesejáveis);

• cola (no caso de ter escolhido um papel de parede não autocolante).

Já com os materiais em mãos, é hora de começar!

1° Passo: Nivele a parede

Para que o papel não tenha seu design modificado por conta da parede é importante nivelá-la. Gesso e massa corrida vão ajuda-lo(a) na hora de nivelar e fazer com que o ambiente fique lindo.

2° Passo: Resolva quaisquer problemas em sua parede

Antes de aplicar o papel de parede, é importante analisar mais uma vez se é a hora de instalá-lo; Antes de aplicar o papel, tape buracos, lixe a parede e verifique se há infiltração no cômodo, esse problema deve ser resolvido o quanto antes.

3° Passo: Passe um pouco de tinta

Aplicar o papel de parede diretamente pode não dar um resultado muito bom. Por conta do gesso e da massa corrida, pedaços de pó podem se fixar no material, tirando toda a beleza que o papel de parede oferece. Então, passe uma mão de tinta antes da aplicação.

4° Passo: Medir a área onde o papel de parede será aplicado

Para que o papel de parede seja instalado na área é imprescindível que a medida seja rigorosamente calculada. E se o local tiver tomadas, interruptores e janelas, a medida também deve ser marcada, pois será necessário cortar o papel nessas áreas. Apenas depois é que é aplicar.

5. De acordo com a altura do local, faça o recorte do papel de parede

Se o papel de parede não tem estampas ou texturas, então é bem simples. É só dar uma folga de 5 cm em cima e embaixo. Já nos estampados o procedimento é diferente, pois devem ficar corretamente alinhados a estampa. Assim sendo, deve-se calcular sempre 10% a mais do papel de parede mais do que sua altura, usando a tesoura tanto para o papel simples quanto para o estampado.

6° Passo. Passando a cola no papel de parede

Se seu papel de parede é autocolante, pule este passo. Mas caso não seja, leia com atenção. Com um rolo de pintura, pegue o papel de parede e passe a cola no verso, aguarde e aplique.

7º Passo: Hora de aplicar o papel de parede!

Agora, a escada é essencial. A instalação do papel de parede começa de cima para baixo e deve ser encaixado no canto superior. Ademais, é preciso analisar com um escovão ou com as próprias mãos, pois é esse momento de verificação que o papel adquire aderência. E não se espante caso veja bolhas, pois depois de dias essas bolhas somem.

8° Passo: Cortando as sobras

Com a ajuda de um estilete e uma espátula, corte o que restou do papel. A espátula pode lhe auxiliar para que o corte saia corretamente.

9º Passo: Recortando interruptores e tomadas

Uma dica é planejar para que o papel vá até a tomada  e então continuar. Você também deve cortar a tira mais fina para a aplicação do papel de parede nesse espaço pequeno. No entanto, se for do seu gosto, coloque o papel de parede completo na altura da parede, corte com a ajuda do estilete enquanto fixar. Outra dica também é marcar no próprio papel, onde ficam as tomadas e os interruptores. Nesse caso é só recortar o que foi marcado antes de passar a cola.

10° Passo: Hora de limpar o que foi emendado!

Use pano úmido para limpar as emendas do seu papel de parede, tanto nos de TNT quanto nos tradicionais. Os de vinílico também carecem da esponja, porém, não os esfregue. A limpeza é apenas para tirar o excesso de cola deixado no papel e as marcas de dedos.

Caso tenha alguma dúvida e queira saber melhor sobre instalação de papéis de parede, você pode conferir através deste link aqui e também deste aqui.

Cuidados necessários na hora da aplicação do papel de parede

Agora que você já sabe como instalar papéis de parede seguindo nossas dicas e pode acompanhar os nosso vídeos no canal do YouTube, vamos apontar os cuidados que se deve ter com cada parede, seja na hora da instalação e póstuma a ela. Em primeiro lugar, temos de ter em mente que não existe só um tipo de papel de parede. São vários e cada um apresenta uma característica específica, bem como se ajusta a determinada instalação – o que pode ou não ser feito.

O papel de parede em celulose é o próprio papel. Se colocado em locais úmidos, requer cuidados especiais, o que afetará diretamente o seu tempo. Quando mal instalado, pode permitir arestas que rasgam bem facilmente. É o papel com menor custo do mercado e sua durabilidade é de 3 anos – isso se bem instalado.

De aspecto macio e almofadado, os papéis com alto-relevo trazem certo conforto quando instalados corretamente. Mas assim como o de celulose, não podem ser colocados em locais com umidade ou assistirá pela reduzida durabilidade. O papel de parede de alto-relevo é um dos mais sensíveis, e a limpeza deve ser feita com aspirador de pó e pano seco.

os papéis de parede em veludo deixam o ambiente com um aspecto  finíssimo, repleto de glamour. É como se sentir num castelo, ainda mais se combinar os móveis com os tons dos papéis. Ainda que exiba requinte em seu design, não é bom deixar esse papel de parede em contato com o sol, e sua limpeza também deve ser feita com aspirador de pó.

E por último, mas nunca menos importante, é necessário tomar cuidado na hora da aplicação, seja com tesouras e outros objetos cortantes. Não se esqueça: sua segurança fica em primeiro lugar. Caso pense que não seja uma boa tarefa instalar por conta própria, entre em contato com um instalador profissional.

Mas que vale mais a pena? Contratar um instalador ou instalar o papel de parede por conta própria?

A tarefa de aplicar papéis de parede não é um bicho de sete cabeças como muitos fazem parecer, mas vai depender do seu tempo e técnica. Por exemplo, se você tem a vida muito corrida ou não possui experiência alguma para aplicar o papel de parede, contrate um profissional, pois ele tem o conhecimento do passo a passo e sabe exatamente o que fazer dependendo da estrutura, além de trabalhar bem melhor no acabamento. Apesar de alguns papéis e alguns locais (como cabeceira de cama, por exemplo) sejam mais fáceis de aplicar, erros podem ser fatais para o design do ambiente.

Contudo, nem tudo são rosas. Não se deve contratar um profissional qualquer nessa área. O importante é pesquisar alguém que tenha uma boa reputação. Tudo depende do tipo de cômodo e até mesmo do papel. Para a instalação de um rolo convencional, por exemplo, a cobrança é feita por m², taxados até mesmo por 500 reais a instalação. Mas lembre-se: caso prefira um serviço muito mais barato, muitas vezes o barato sai caro. Contratar um profissional com um preço um pouco maior vai lhe dar menos dor de cabeça no futuro.

Então, a resposta depende de você. Esperamos que esse tutorial tenha ajudado com a aplicação do seu papel de parede e até a próxima!


VER COLEÇÃO
Abrir WhatsApp
Precisa de Ajuda?
Olá 👋 Posso te ajudar? Fale agora com um especialista da Naru em PAPEL de PAREDE e TECIDOS é só mandar uma mensagem 😉
Powered by